evig: (15 - leitura)
Juliet ([personal profile] evig) wrote 2017-04-21 12:25 pm (UTC)

A vergonha que Charle sente do pai é justificada e eu concordo com você. Não tinha pensado sobre a ausência e o comportamento infantil serem transgressões da figura paterna (talvez porque muitos pais são infantis e ausentes), mas como pessoa que tem medo de passar vergonha, Charle tem atitudes estranhas. Por exemplo: na cena do funeral, uma pessoa assim nunca iria ser a primeira a tomar a palavra. São essas inconstância do personagem que me incomodam ao tentar entender a relação dele com o pai.

Acho que esse livro não é pra mim .-.

(Sua menção às oferendas me fez pensar nas comidas que minha mãe oferenda aos orixás dela... e eles têm preferência! Acho isso tão humano... e eles adoram uma festa hahah)

Post a comment in response:

From:
Anonymous( )Anonymous This account has disabled anonymous posting.
OpenID( )OpenID You can comment on this post while signed in with an account from many other sites, once you have confirmed your email address. Sign in using OpenID.
User
Account name:
Password:
If you don't have an account you can create one now.
Subject:
HTML doesn't work in the subject.

Message:

 
Links will be displayed as unclickable URLs to help prevent spam.