Profile

evig: (Default)
Juliet

Custom Text

"Há prisões piores que as palavras."
(Carlos Ruiz Zafón)

Evig

March 8th, 2017

evig: (14 - cello)
Em memória de D. Helena

Cheguei em casa e estavam todos na pequena sala olhando pra TV, agora preto e branco, sugerindo programas canais soluções reclamações. Deixei meu material no quarto e fui entender o que estava acontecendo. Minha vó falava “poe no canal do padre”, meu tio reclamava “eu não quero isso na minha TV não” e o meu outro tio respondia “essa TV não tem outra entrada, é velha, por isso fica sem cor”. O marido da minha tia entrou com o controle em uma mãe e o celular na outra, reclamando com a possível atendente (porque elas são sempre mulheres?), meio gritando que não tinha cartão nenhum na caixa onde veio o aparelho, que o problemas era no segundo ponto, que a TV tava em preto e branco, e se devido ao seu pacote era de graça mesmo. Fui arrumar minha janta.

Uma hora e meia depois, mais ou menos, minha vó dizia “poe no canal do padre, eu quero ver o padre”, meu tio pedia “quero ver bang-bang, não tem bang-bang?” e o meu outro tio zapeava os canais tentando achar os prometidos cento e sei lá quantos canais da TV à cabo. Percebi que só pegavam os canais abertos. Nem tive tempo de ficar meio feliz. O marido da minha tia ainda estava no celular com a atendente, já bem irritado (não que precisasse muito para que ele se irritasse), já cancelando o segundo ponto e mandando alguém vir buscar o aparelho porque a TV dos meninos tava ligada no video-game mesmo e ele não queria mais.

No dia seguinte quando cheguei, a TV estava à cores, com os canais abertos de todos os dias. Minha vó me disse que estava só com os meninos quando o homem da TV bateu no portão e perguntou se era lá que seria instalado a TV à cabo. Ela disse que sim, e mandou o homem ir lá em cima. (Só um esclarecimento: a casa da minha vó e da minha tia ficam no mesmo terreno. A da minha tia fica mais em baixo, perto do portão e a da minha vó, menorzinha, fica lá em cima.)

Minha vó parou de contar e ficou me olhando com aqueles olhos castanhos claros e espertos, tão diferentes dos meus, e deu uma risada.